A história do Periferia S/A começa em 1981, época em que sons vindos do velho mundo e da terra do Tio Sam chegavam por aqui, trazendo na carona o movimento punk, que começou a ganhar força nas ruas de São Paulo. Depois de ir a um show em que tocaram Inocentes, Cólera e Olho Seco, os primos Jão e Betinho resolveram montar uma banda e convidaram o amigo Jabá, o trio começou a fazer uns sons e essa junção acabou resultando na banda RDP, mas isso é outra história

Após uma pausa de muitos anos, o trio da Vila Piauí resolveu se juntar novamente para fazer alguns shows tocando uns sons antigos, da primeira formação do RDP. O que no início era só para se divertir, se transformou no Periferia S/A.

Em 2005 lançaram o primeiro CD, homônimo, com 18 sons, entre eles alguns escritos em 1982 para o RDP e dois covers, Reality (Chron Gen) e Wild Weekend (The Zeros). Lançado aqui pela Red Star Recordings, o CD foi lançado em Portugal pela Ataque Sonoro e em vinil na Alemanha, pela Dirty Faces.

Depois de 9 anos,já com outra formação,Jão/Jabá/Joselito,foi lançado o segundo CD,chamado Fé+Fé=Fezes.O disco conta com 6 musicas inéditas e 10 musicas ao vivo.Lançamento pela Red Star Recordings e tambem pela Equivokke Records.

Atualmente a banda segue com uma terceira formação,Jão/Jabá/Dru, fazendo shows por todas regiões.

Periferia S/A (Bandcamp) – https://periferiasa.bandcamp.com/

Periferia S/A (Facebook) – https://www.facebook.com/periferia.sa

———————————————————

Registro captado em 20/02/16 na sede da Pé de Macaco S/A, São Carlos-SP.

Equipe técnica:

  • Imagens de Guilherme Fiorentini, Lucas Vieira e Mateus Serrer
  • Captação de áudio por Rodolfo Nei e Matheus Campos
  • Mixagem e Masterização por Rafael Simões
  • Edição, Tratamento e Finalização por Guilherme Fiorentini

Sobre o autor

Pé de Macaco S/A

A Pé de Macaco S/A surgiu oficialmente em 2014, da união de amigos que começaram a se organizar pra produzir eventos musicais e conteúdos audiovisuais. O grupo abraça também causas sociais e políticas de São Carlos, além de sempre buscar fortalecer a cena cultural e independente.

Posts Relacionados